Foto: Divulgação

Da redação | O Rio Grande do Sul voltou a registrar, depois de nove anos, casos de febre amarela. A vítima é um homem de 27 anos, morador de Jaguarão, no sul gaúcho. O morador contraiu a doença em uma viagem a Minas Gerais.

Ele foi internado na UTI de um hospital em Pelotas, depois de retornar de Minas Gerais em 27 de janeiro. O paciente apresentou sintomas como edema, febre e dores musculares.

O secretário Estadual de Saúde, João Gabbardo dos Reis, utilizou no Twitter para declarar o caso. Conforme ele, inspeções foram feitas em áreas próximas à residência e ao trabalho da vítima, e não foram encontrados focos de febre amarela. Dessa forma, Gabbardp garante que não há risco de transmissão.