Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Três pessoas foram presas na noite desta quinta-feira pelo crime de tentativa de roubo, que provocou o coma de Rubi Bohn, 65 anos, em 19 de março, hoje internado no Hospital Municipal. O crime ocorreu no bairro Canudos, em Novo Hamburgo.

Segundo a Polícia Civil, o autor dos disparos é um indivíduo perigoso e integrante da facção Os Manos. Os envolvidos foram identificados como Jonathan Bueno Ribeiro (atirador), 22 anos, Adriel Rosa da Silva, 22, e Gabriel Silva da Veiga, 20.

Na noite do crime, Bohn teria se perdido e parou o Pálio que conduzia na rua João Edmundo Streb, próximo da UPA do bairro. Dois indivíduos se aproximaram. A vítima acelerou com medo do assalto. Um dos bandidos atirou contra o carro, sendo que um dos disparos acertou a nuca do motorista, que perdeu os sentidos. A esposa dele estava no carro, mas não se feriu. Na sequência, os bandidos fugiram.