FOTO: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | A Polícia Civil e a Brigada Militar instauraram inquéritos para apurar a morte do tenente da reserva da BM Marcio Antônio Corrêa, 58 anos, em Sapucaia do Sul, no último domingo (15). Ele foi morto ao ser baleado em uma troca de tiros com colegas da ativa da corporação em uma travessa do bairro Nova Sapucaia.

Segundo informações do coronel Oto Eduardo Amorim, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano , policiais do 33º BPM estavam com uma barreira montada no bairro quando ouviram barulhos de tiros. Os soldados procuraram de onde partiam os disparos até encontrarem um homem com um revólver calibre 38.

Além disso, os soldados afirmam que pediram para ele parar, mas ele teria atirado contra a viatura. Nesse momento, houve reação do efetivo.

O tenente da reserva foi baleado e caiu. O coronel afirma que os soldados ainda o levaram para o Hospital Getúlio Vargas, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Pela Brigada Militar, quem investiga o caso são oficiais do 33º BPM. Eles serão responsáveis por apurar se foi correta a abordagem dos soldados ao tenente. Já a 2ª Delegacia de Polícia Civil investiga o homicídio. Agentes checam se câmeras de segurança flagraram o ocorrido. Testemunhas também são procuradas e devem ser ouvidas nos próximos dias.