FOTO: Prefeitura de Sapucaia do Sul/Divulgação

Da redação* | A Prefeitura de Sapucaia do Sul, através da Secretaria de Segurança e Trânsito, junto com o Detran e a Brigada Militar, estão apostando na Balada Segura como meio de prevenir acidentes, preservar vidas e educar para um trânsito seguro. No primeiro mês da operação na cidade, completados na última terça-feira (7), foram seis ações e 623 veículos abordados.

Nas quatro operações realizadas em julho, e nas duas em agosto, um total de 568 testes de alcoolemia foram realizados. Seis condutores foram autuados pelo teste, e 60 por recusa. Ao todo 56 veículos e 66 CNH foram recolhidos.

O secretário municipal de Segurança e Trânsito, Arno Leonhardt, avalia positivamente o primeiro mês da Balada Segura em Sapucaia. “Implementamos o Balada Segura na cidade para preservar vidas e evitar acidentes, promovendo uma mudança cultural e de comportamento dos motoristas. Após um mês de operação, a quantidade de pessoas flagradas dirigindo sob efeito de álcool demonstra que estamos no caminhos certo”, disse.

Pesquisa

Durante as ações, a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito aplicou uma pesquisa, respondida de forma voluntária, com o objetivo de traçar o perfil dos condutores abordados. Entre os que responderam a pesquisa, 98% consideram importante a realização da Balada Segura, e 2% não consideram. A maioria, 62%, disse nunca ter sido abordado em uma Balada Segura, enquanto 38% já haviam sido abordados. Quando perguntados se conheciam alguém que já foi vítima de um motorista alcoolizado, 63% responderam que não, e 37% responderam que sim. Com relação ao sexo, 51% eram mulheres e 49% eram homens, enquanto que com relação a idade, 29% tinha entre 32 e 40 anos, 20% entre 25 e 31 anos, 20% entre 18 e 24, 19% entre 41 e 50 anos, 10% acima de 50 anos, e 2% tinha menos de 18 anos.

*Com informações da Prefeitura de Sapucaia do Sul