Da redação | Uma discussão entre duas pessoas acabou em agressão e quase se tornou uma tragédia na noite deste domingo em Caxias do Sul. O caso ocorreu no bairro Industrial.

A Brigada Militar foi acionada por um homem de 32 anos, que disse ter sido ameaçado de morte pelo atual marido da ex-companheira, que alegou que buscaria uma arma para matá-lo.

Enquanto disso, o homem se abrigou na casa de um amigo e acionou a BM. Ao voltar para a residência, percebeu que a porta havia sido arrombada. Ele soube que indivíduos teriam invadido a moradia em sua procura.

Os policiais militares se deslocaram até uma residência no bairro Desvio Rizzo, onde o pai do homem que teria feito a ameaça disse que o filho foi a vítima.

Diante da situação confusa, os PMs decidiram levar todos para a delegacia. No entanto, o pai do envolvido disse que entraria em contato com um advogado e ligaria para um coronel da Brigada Militar, pois não seria conduzido à DP porque trabalha como vigilante, e não bandido.

Segundo a ocorrência policial, um dos PMs foi ofendido e agredido com um soco no rosto. Houve luta corporal. O agressor foi algemado, após inclusive ter tentado pegar a arma do policial. Seu filho ainda teria ajudado no confronto com o uso de um canivete.

Pai e filho foram detidos nesse momento e encaminhados à Polícia Civil, onde todos foram ouvidos. O caso será investigado pela 3ª DP.