FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Mais de 150 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Civil no final da madrugada deste sábado (20) em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. A droga tinha como marca o desenho do rosto do mafioso norte-americano Al Capone.

Segundo os agentes da 1ª Delegacia do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc), a droga foi localizada no forro de uma casa usada como depósito por uma facção criminosa que tem base na região. Ninguém foi preso na ação.

A investigação ocorre desde o mês de julho deste ano. Pelo menos três indivíduos já foram identificados como sendo os responsáveis pelo produto, os quais devem ser localizados e presos nos próximos dias.

O diretor de Investigação do Denarc, delegado Mario Souza, diz que foram apreendidas cinco cargas da droga em centenas de tijolos. Considerada de alta qualidade, era revendida para traficantes da Região Metropolitana. A investigação prossegue para localizar os responsáveis pelo carregamento, armazenamento e distribuição que foi interrompida pela polícia.

Além da droga, foram apreendidos documentos e balanças. A droga foi avaliada em R$ 300 mil e seria repassada para pelo menos 100 traficantes. Por fim, o Delegado Mario Souza ressalta que “foi um prejuízo considerável para os traficantes e que os desdobramentos serão monitorados na região.”