Reprodução

Da redação | A Polícia Civil está investigando a morte do técnico industrial Carlos Ivan Ribas, atingido por um trem na tarde de segunda-feira (8), em Porto Alegre. O funcionário da Trensurb fazia inspeção de rotina nos trilhos, próximo à estação Anchieta, na Zona Norte, quando foi atropelado. Ele morreu no local. Inicialmente, o caso é tratado como acidente de trabalho.

Os depoimentos do colega que trabalhava com Ribas no momento do acidente e do operador do trem são imprescindíveis para a investigação e devem ser colhidos até o fim da semana pela polícia. O objetivo é saber se os protocolos de segurança foram seguidos e se houve alterações de horário. Além disso, imagens de câmeras de segurança da estação serão analisadas.

Em nota, a Trensurb lamentou o ocorrido e disse que aguarda o resultado da perícia.

Leia a nota na íntegra:

É com pesar que a Trensurb comunica o falecimento do técnico industrial Carlos Ivan Ribas, do Setor de Via Permanente da empresa, na tarde desta segunda-feira (7). 

O empregado realizava inspeção de rotina na via quando, por volta das 14h30, foi acidentalmente atingido por um trem que circulava pela linha metroviária. 

A empresa aguarda o resultado da perícia e, neste momento, se solidariza e coloca-se à disposição para dar suporte aos familiares do empregado falecido. 

Devido ao acidente e aos procedimentos decorrentes, incluindo a realização de perícia por parte das autoridades, os trens circularam em ambos os sentidos por via única, das 14h30 às 18h30, no trecho que compreende as estações Aeroporto, Anchieta e Niterói, com intervalos de 15 minutos entre viagens.