Foto: Alex Schneider

Foto: Alex Schneider/GBC

Da redação | Um homem de 22 anos é suspeito de ter matado o pai, de 53, a facadas na madrugada deste domingo (3). O crime aconteceu na Rua dos Médicos, no bairro São José, em Novo Hamburgo.

Conforme informações da Polícia Civil, o acusado disse em depoimento na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, que o pai tinha estuprado a irmã e teria tentado cometer o mesmo crime na neta, de dois anos. Relatos de populares dão conta que o agressor teria tentado suicídio na sexta-feira (1°) e que estava internado em um hospital, mas fugiu do tratamento.

Durante o depoimento, o homem ainda relatou que teria tomado duas cartelas de antidepressivo. Quando chegou em casa, encontrou uma faca no banheiro e tomou coragem de esfaquear o pai que dormia no sofá. A vítima tentou reagir e chutou o filho.

O pai chegou a ser socorrido, mas faleceu a caminho do hospital. Para que não fugisse do local, o filho foi detido por populares que acompanharam a movimentação na casa. Ele levou chutes e socos até ser amarrado com uma corda enquanto a Brigada Militar (BM) não chegava.

O homem será indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar.