Foto: Alex Schneider

Foto: Alex Schneider/GBC

Da redação | Um adolescente de 15 anos foi linchado por vizinhos na última segunda-feira (4) em Pelotas, no Sul do Estado. Ele estuprou a prima de seis anos.

Conforme a Brigada Militar (BM), o acusado atraiu a menina até o quarto com um celular dizendo que ela poderia jogar no aparelho. Horas depois, a mãe da vítima, que tinha ido almoçar na casa da cunhada, percebeu as marcas de sangue na roupa da filha e questionou o que tinha acontecido. A menina relatou que foi estuprada em cima da cama e que o primo tinha limpado ela com um pano.

Para os policiais, a mulher relatou que o adolescente já tinha tentado estuprar a irmã mais nova da vítima, de três anos. Depois do crime, ele tentou fugir de casa, mas acabou sendo encontrado por populares que o lincharam e o detiveram enquanto a Brigada Militar não chegava.

Na delegacia, ele relatou em detalhes o que tinha sido praticado. Aos agentes da Polícia Civil ele disse que toma remédios para controlar a hiperatividade. O Ministério Público (MP) pediu a internação do adolescente.