Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma criança de 10 anos foi baleada durante uma briga de facções na última sexta-feira (17), em Viamão. Ela foi atingida na coluna vertebral, não corre risco de morte, mas pode ficar paraplégica. O tiroteio ocorreu dentro da casa dela, na Vila Universal.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Conforme a Polícia Civil, pelo menos três criminosos invadiram a residência procurando o integrante de uma facção rival. Como não encontraram o alvo, dispararam diversas vezes. Um desses tiros, atingiu a criança que está internada em um hospital da Região Metropolitana.

Na mesma rua, criminosos entraram em outra casa e mataram um homem com 20 tiros. O nome dele ainda não foi divulgado porque depende de perícia.

O que a investigação já sabe?

Inicialmente, os investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Viamão, apuraram que o trio procurava um traficante e que o motivo da briga era a disputa de pontos de vendas de drogas na região. Como na primeira residência encontraram apenas uma mulher e as duas filhas, eles invadiram uma segunda casa. No local, havia três comparsas do traficante. Um deles foi executado e os outros dois fugiram, mas como a Brigada Militar foi acionada rapidamente, eles foram presos durante buscas.

Segundo o titular da DHPP de Viamão, delegado Guilherme Calderipe, eles não usavam toucas ninjas ou máscaras. Apenas um dos suspeitos do tiroteio foi identificado. Até o momento, ninguém foi preso.