Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, e o de Esteio, Leonardo Pascoal, se reuniram nesta segunda-feira (22) com o governador Eduardo Leite. Na pauta, estava o pedido para que o chefe do Executivo Estadual derrubasse a decisão da bandeira vermelha e voltasse para a laranja.

Como justificativa, as prefeituras abriram 16 novos leitos de UTI, sendo 10 no Hospital de Pronto Socorro (HPSC) e três no Hospital Universitário (HU), ambos em Canoas, e seis no Hospital São Camilo, em Esteio. Com isso, a quantidade de vagas livres nas UTIs da região passam de 15 para 34, mesmo número da última semana. Além disso, o Hospital Universitário (HU) de Canoas inaugurou 200 novos leitos na última semana. 

Leite manteve a decisão e a bandeira vermelha segue em Canoas, Esteio, Nova Santa Rita e Sapucaia do Sul. Estes dois últimos municípios, inclusive, nem pediram a reconsideração de bandeira para o Palácio Piratini.