Foto: JL Balestrin/ GBC

Agência GBC recebeu diversas reclamações de pessoas denunciando a falta de iluminação em um dos principais pontos de embarque e desembarque de passageiros em Canoas. A reportagem foi até o paradão de ônibus localizado da estação Mathias Velho e constatou o problema.

Os passageiros consultados pelo site foram unânimes ao relatarem que ausência de iluminação adequada aumenta a chance de assaltos e outros delitos. Uma resposta sobre o problema é cobrada pela equipe de Agência GBC desde 15 de junho. A Prefeitura de Canoas, porém, ainda não deu retorno.

OS RELATOS

Elias Oliveira é um dos milhares de usuários do sistema na cidade. Segundo ele, a falta de luz é um desafio diário. “É complicado. Tem que ficar onde tem luz. Quando alguém se aproxima, o cara já tem que ficar esperto. Sabe-se lá o que pode acontecer, do jeito que anda a insegurança”, desabafa.

Adriana Lopes é funcionária de uma farmácia na Av. Rio Grande do Sul, ao lado de uma agência do Bradesco. Ela descreve o medo de fazer diariamente o trajeto a pé entre o local de trabalho e o paradão da Mathias. “É horrível. Tem bastante pedintes, e os bares estão fechados. Cansei de ficar sozinha aqui. Subo seis quadras por não ter ônibus. Tem dias que metade das lâmpadas não funciona. Dá muito medo”, comenta.

Leonel Pereira conversou com a reportagem momentos antes de embarcar em um coletivo. Ele torce para que todos dias o maior número de pessoas possível frequente o paradão, como forma de aumentar a sensação de segurança no local escuro. “Para ficar aqui, é melhor estar com pelo menos mais duas pessoas. Sozinho é perigoso, tento estar sempre com alguém”.

BANDIDOS JÁ COLOCARAM FOGO EM ÔNIBUS

Em agosto do ano passado, um crime assustou a comunidade. Na mesma estação onde a falta de iluminação é presente, criminosos colocaram fogo em um ônibus da Vicasa.

Na ocasião, um grupo entrou no coletivo, que transportava passageiros, e jogou combustível. Os usuários conseguiram escapar a tempo, e o ônibus ficou completamente destruído.

Pelo menos dois homens participantes do crime foram presos pela polícia. A reportagem de Agência GBC acompanhou o caso.