Foto: arquivo pessoal

Mais um profissional da saúde foi vencido pelo coronavírus no Rio Grande do Sul. A técnica em enfermagem Bárbara Regina Rodrigues da Silva Vasconcellos, 49 anos, é nova vítima da doença. Ela atuava no Hospital Universitário (HU), em Canoas.

Conforme apurou Agência GBC, Bárbara procurou atendimento na UPA Boqueirão no dia 26 de julho. No mesmo dia, em razão da evolução do quadro clínico, ela foi transferida para a UTI do HU.

A gravidade da doença provocou uma nova transferência de unidad. No dia 18 de agosto, a paciente foi encaminhada ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), onde veio a falecer na última segunda-feira (24).

Nas redes sociais, amigos, colegas e familiares lamentaram a morte de Bárbara, que residia no bairro Estância Velha. Ela deixa três filhos.

A técnica em enfermagem é a primeira profissional da saúde do HU a falecer em decorrência do coronavírus.

Em nota, o Sindisaúde-RS lamentou a morte de Bárbara. Segundo a entidade, trata-se da oitava trabalhadora da área no Estado que perdeu a vítima por causa da doença.

Leia a nota do Sindisaúde-RS:

MAIS UMA COLEGA

Bárbara Vasconcellos, técnica de enfermagem do HU de Canoas, é a oitava trabalhadora representada pelo Sindisaúde-RS que perde a vida em função da Covid-19.

Além de Bárbara, já perdemos três colegas no GHC, uma no HCPA, um no Ernesto Dornelles, uma no Instituto de Cardiologia e uma no Hospital Restinga Extremo-Sul. São profissionais de vários setores diferentes: vigilância, administrativo, costura, higienização e técnicos de enfermagem.

Nenhuma área está a salvo. Enquanto isso, as gestões se negam a ampliar a testagem.

À família de Bárbara, nossos desejos de conforto e paz.