Foto: Arquivo pessoal

Um dos homens envolvidos na morte de Paula Chaiane Perin Portes, 18 anos, foi preso em Balneário Camboriú, na madrugada desta segunda-feira (4). Ele foi identificado como Micael Willian Rossi Ortiz, que estava foragido. Ele foi reconhecido por populares em uma festa.

Micael é um dos quatro réus pelo assassinato ocorrido em junho de 2020 no município de Soledade. O corpo de Paula foi encontrado apenas dois meses depois do crime.

De acordo com a polícia, Micael foi reconhecido em uma casa noturna por frequentadores e logo a Polícia Militar foi acionada. Ele foi encaminhado para o presídio de Itajaí. De acordo com a polícia gaúcha, a corporação já sabia que ele estava em Santa Catarina com mais dois investigados por crimes no município de Soledade.

Relembre o Caso:

Paula teria sido morta por desejo de vingança de um dos acusados, pois a garota foi testemunha de cenas de agressões contra uma amiga que era ex-namorada de outro acusado, Dionatan Portela da Silva. Ela também foi morta por saber que Dionatan estava envolvido com tráfico de drogas e contrabando de cigarros.

Micael, Dionatan e mais dois réus estão respondendo pelos crimes: ocultação de cadáver, organização criminosa e homicídio qualificado por motivo torpe, asfixia, traição, dissimulação, recurso que dificultou a defesa da vítima e assegurar a ocultação e a impunidade de outros crimes.