Foto: Redes Sociais

Moradores da ocupação José Joaquim, no bairro Silva, em Sapucaia do Sul estavam assustados com a brutalidade do crime que ocorreu no local durante o final de semana e que só foi descoberto na manhã desta segunda-feira (18). Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que um homem asfixiou a ex-companheira até a morte e, na sequência, se suicidou.

As vítimas foram identificadas como Kelly Bueno e Jonathan Fernandes. Conforme a Brigada Militar (BM), o crime ocorreu na casa onde a vítima vivia com o filho de 7 anos. Por causa dele, que o crime foi descoberto. A criança passou o final de semana com o pai e quando o homem foi entregá-lo para a mãe, encontrou os corpos.

No local, familiares informaram que ambos já não estavam mais juntos, já que Kelly tinha terminado o relacionamento há cerca de um mês. “Ele já tinha agredido ela. Depois da separação, ele ameaçava ela”, afirmou uma irmã que pede para não ser identificada.

Agora, a Polícia Civil escutará pessoas próximas ao casal para entender as motivações para o crime. Para dar prosseguimento nas investigações, é aguardado o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) que irá apontar a causa da morte do casal.