Foto: reprodução/Facebook.

O prefeito de Nova Santa Rita, Rodrigo Battistella (PT), voltou a criticar a atitude do governador Eduardo Leite (PSDB) sobre a volta às aulas presenciais. Neste domingo (25), ele subiu o tom, afirmando que falta ao chefe do Executivo gaúcho coerência e responsabilidade.

“O TJ-RS acaba de manter as aulas suspensas em todo o Estado do RS. O Governador Eduardo Leite insiste em confrontar a justiça, se contradiz quando diz que segue a ciência e induz os Prefeitos ao erro. Precisamos ter coerência e responsabilidade, o povo não pode pagar por Isto!”, escreveu no Twitter.

Na sexta-feira (23), dia em que veio a público o novo decreto, o prefeito já havia se posicionado sobre a atitude. “Mais uma vez o governador Eduardo Leite passa a bola para os prefeitos decidirem sobre a volta às aulas. Será que temos as mínimas condições de retornar?”

Durante a tarde deste domingo (25), a juíza Cristina Luísa Marquesan da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, decidiu que as aulas presenciais não podem voltar nas escolas públicas e nem nas privadas. “Enquanto o Rio Grande do Sul estiver em bandeira preta, estão suspensas as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas de todo o Estado, independentemente de eventual flexibilização de protocolos”, escreveu em seu despacho.