Foto: divulgação.

As 21h12 minutos desta terça-feira, o ator e comediante Paulo Gustavo faleceu no Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, vítima de complicações do coronavírus.

Mais cedo, boletim médico informou que o quadro de saúde do ator e comediante Paulo Gustavo, de 42 anos, era irreversível. “Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, aponta sua assessoria de imprensa.

Ele teve uma fístula broncovenosa, uma abertura nos pulmões, possibilitando que o ar dentre na corrente sanguínea. “Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, informa o texto.

Paulo Gustavo estava internado no hospital desde o dia 13 de março deste ano em função do coronavírus. A família foi chamada para conversar com os médicos mais cedo. A imprensa ficou mobilizada e as redes sociais movimentadas com relatos de amigos do ator. “A situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”, explicam os médicos.

Ele deixa o marido Thales Bretasos e os filhos Gael e Romeu.