Foto: Agência GBC

Foram presos pela Polícia Civil nesta segunda-feira (10) os criminosos que atacaram uma lotérica na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Berto Círio, em Nova Santa Rita. O crime ocorreu em maio de 2020.

Leia mais notícias de Nova Santa Rita

Eles foram presos durante a Operação Tatu. A ação ganhou esse nome, porque o grupo agia da seguinte da forma: eles abriam buracos nas paredes dos imóveis para invadir as agências. Além de Nova Santa Rita, eles também cometeram crimes em Novo Hamburgo, São Leopoldo e Portão, no Vale do Sinos, Porto Alegre e Guaíba, na Região Metropolitana, Caxias do Sul, na Serra, e Terra de Areia, no Litoral Norte. 

Os criminosos foram presos em Canoas, Esteio e mais quatro cidades gaúchas.

Os bens adquiridos pelos bandidos com os furtos foram confiscados, como por exemplo, três automóveis, além de contas bancárias deles terem sido bloqueadas judicialmente. Outros quatro suspeitos seguem sendo procurados e todos os 20 envolvidos na organização criminosa serão indiciados pelos ataques.