Foto: GBC TV/Reprodução

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

Imagens de câmeras de segurança mostram o exato momento em que Felipe Fialho de Oliveira de 29 anos foi morto a tiros no bairro Niterói, em Canoas, na última quarta-feira (20). O vídeo ainda mostra o exato momento em que os dois suspeitos do crime fogem em uma caminhonete.

A reportagem de Agência GBC apurou que a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já identificou o principal suspeito do crime. Segundo o delegado Daniel Queiroz, os investigadores chegaram no suspeito após o depoimento de testemunhas e da análise das câmeras de segurança da região. Queiroz não deu nomes, mas a reportagem apurou, que trata-se de um dos proprietários de uma loja que vende água mineral no local do crime. “O suspeito fugiu com o veículo da empresa”, conta.

Os policiais ainda fazem diligências atrás do possível autor. A motivação do crime é uma suposta dívida. Os policiais apuraram que Felipe teria ido cobrar um valor do proprietário do estabelecimento.

O crime

De acordo com a Brigada Militar (BM), populares ligaram para o 190 relatando um intenso tiroteio no bairro. Quando os policiais chegaram, encontraram Felipe já sem vida dentro de um VW Gol cinza. Ele foi atingido por mais de 10 tiros, segundo apurado pela reportagem de Agência GBC. Alguns atingiram a cabeça dele. Porém, o Instituto Geral de Perícias (IGP) ainda não apontou a quantidade exata de disparos.

Segundo a Polícia Civil, Felipe tinha antecedentes criminais por extorsão, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Além disso, ele estava cumprindo liberdade provisória, já que tinha saído do presídio em abril.