Foto: Divulgação

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

Preso desde o inicio de agosto, o vereador de Cachoeirinha, Juca Soares (PSD), voltou aos trabalhos legislativos nesta terça-feira (7). Após a prisão, ele pediu licença de 120 dias, mas solicitou retorno na última semana.

A participação foi através de vídeo conferência. Juca, que está preso na Cadeia Pública de Porto Alegre, está desde às 16h em uma sala especial da penitenciária. “Saudade de estar aí com vocês. Quero agradecer a Deus por retornar a essa casa. Agradecer também aos que torcem e oram por mim. Em breve, se Deus quiser, estarei aí”, afirma.

O parlamentar foi preso em uma operação contra a facção criminosa que responde pelo tráfico de drogas de Cachoeirinha e Gravataí. De acordo com a investigação feita pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Gravataí, ele teve a campanha eleitoral financiada pela facção que é chefiada pelo irmão – Tiago Soares da Silva – que também está preso.

A reportagem de Agência GBC tenta contato com a defesa do parlamentar, mas não obteve retorno.