Foto: Polícia Civil/Divulgação

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

Uma briga familiar terminou em um duplo homicídio nesta sexta-feira (24) em Capela de Santana, no Vale do Sinos. As vítimas foram identificadas como Lucas Rieth Bitello de 36 anos e Maria Liciane Stroher Both de 35. Eles eram marido e mulher e foram mortos pelo irmão dela.

De acordo com a Polícia Civil, a construção de um canil motivou o crime. Arnoldo Stroher de 26 anos esfaqueou o cunhado e a irmã na frente das sobrinhas gêmeas de 12 anos. O próprio autor do crime ligou para a Brigada Militar (BM) e se entregou enquanto os vizinhos acionaram o SAMU, mas o casal não resistiu aos ferimentos.

Arnoldo e Liciane moravam com mais três irmãs no mesmo terreno. As testemunhas relataram que há dias eles já vinham discutindo por causa da construção. Segundo a polícia, Bitello foi ferido no abdômen, peito e pescoço. A esposa viu a briga e tentou intervir e foi ferida na barriga.

A faca usada no crime, com 20 centímetros de lâmina, e uma espingarda de chumbinho foram apreendidas com o jovem preso. Os corpos foram para o Instituto Médico Legal (IML), de Porto Alegre, enquanto o acusado seria encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de São Leopoldo, de onde deverá seguir para o presídio.

A reportagem de Agência GBC tenta contato com a defesa de Arnoldo, mas ainda não obteve retorno.