Foto: Jaime Zanatta/GBC

Um homem de 25 anos foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (27), em Canoas. Ele é suspeito de ter participado em dois homicídios e uma tentativa. A ação, que faz parte da Operação Tríplice Fronteira, deflagrada na quarta-feira (24), é de responsabilidade da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco).

O mandado de prisão preventiva foi expedido após a conclusão de uma prova técnica, e em virtude de representação da DHPP. Segundo o delegado Robertho Petternelli, o inquérito policial prossegue em sua instrução, não sendo possível, neste momento, que se adiante qualquer detalhe para não prejudicar os trabalhos já em andamento.

Para o delegado Pablo Queiroz Rocha, interino da Draco, o intercâmbio de informações entre os órgãos especializados tornou possível a prisão do suspeito.

A Operação Tríplice Fronteira, que já prendeu dois dos suspeitos pelos dois homicídios consumados e um tentado, prossegue com a instrução do inquérito. As três vítimas foram encontradas no porta-malas de um automóvel, duas já sem vida e a sobrevivente em estado grave. Os sinais nas vítimas eram de espaçamento e os corpos estavam envoltos em cobertores.

O delegado Mário Souza, diretor da 2ª DPRM, ressaltou a integração entre órgãos de diferentes departamentos como algo salutar e que vem a somar muito aos resultados operacionais da Policia Civil como um todo.