CANOAS | Jairistas lotam sede do PSD para receber Gaúcho e Luciano: a unidade que Ana Amélia viu | Agência GBC
17 C
Canoas
26 de setembro de 2022

RODRIGO BECKER

Rodrigo Becker é jornalista e escreve sobre política, negócios e cidade diariamente neste espaço.

CANOAS | Jairistas lotam sede do PSD para receber Gaúcho e Luciano: a unidade que Ana Amélia viu

Turbulências à parte, coletivo que orbita o prefeito Jairo Jorge, sem a presença dele, mostrou que pretende 'chegar chegando' na reta decisiva da eleição

Essa é para quem tinha dúvidas de que haveria o mínimo de unidade no coletivo jairista para encarrar a eleição de 2022. Em ato no início da semana, o grupo apresentou seus candidatos à militância do partido – Luciano Azevedo a federal e Gaúcho da Geral a estadual – e receberam a candidata ao Senado, Ana Amélia Lemos. Todos do PSD. Todos unidos. E com sede cheia, como no recente ‘bons tempos’ do partido na aldeia.

O encontro acontece com a clara ideia de por fim a um agosto de cachorro-louco para a sigla em Canoas. Felipe Martini, o ungido para disputar uma cadeira na Assembleia, desistiu do pleito nos primeiros dias de campanha. Jefferson Otto, o vereador do grupo, já havia dito publicamente que não o apoiaria; e o prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques, a mil com Márcio Freitas e Anderson Dorneles, do Avante, seu partido, à tira-colo. Isso e o afastamento de Jairo Jorge parecia a crônica da desagregação anunciada: quem apostaria que o coletivo da principal liderança do PSD na cidade entraria setembro alinhado?

Felipe Martini, presidente do PSD de Canoas, comandou o ato em apoio a Ana Amélia, Gaúcho da Geral (e) e Luciano Azevedo

Pois foi o que aconteceu, não sem uma boa dose de paciência e muta conversa ao pé do ouvido. A decisão de apoiar Luciano Azevedo e Gaúcho da Geral, tomada a uma semana, centralizou o coletivo. Martini e Otto, se não são os melhores amigos, ao menos convivem – e farão campanha, juntos. É o recado inequívoco, avisam, de que a turbulência de agosto são águas passadas e que, daqui para frente, politicamente, é a eleição que importa.

A eleição e o dia 27 de setembro – aquele que pode devolver Jairo Jorge ao governo, seis meses após o afastamento imposto pela Copa Livre.

Mais Lidas

ÚLTIMAS DE RODRIGO BECKER

ELEIÇÕES 2022 | Avante rompe com PDT: tá pintando o ‘LuLeite’ de Canoas para...

Partido está liberando seus filiados para votar e pedir votos a qualquer postulante ao Piratini, mas centraliza opção de Lula no campo nacional

CANOAS | Ministério Público entrega nova denúncia contra Jairo Jorge: o que muda na...

Blog teve acesso às 39 páginas da denúncia que o MP apresentou à Justiça sobre a contratação da gestora da SAMU

CASO JJ | MP silencia e Jairo expõe tática para o ‘Dia D’: as...

Promotores da Copa Livre sinalizam manifestação à imprensa na sexta enquanto Jairo Jorge diz como será a terça em que espera encerrar seu afastamento do governo

ELEIÇÕES 2022 | Republicanos recebe Mourão para almoço em Canoas: a hora H para...

Mourão não é Bolsonaro, mas vem disputar o voto conservador para o Senado que parece migrar para Ana Amélia

ELEIÇÕES 2022 | Conservadores fazem carreata pró-Bolsonaro no domingo e esperam por adesão espontânea:...

Grupo de apoiadores do presidente decidiu por ato suprapartidário e mobiliza identificados apenas pelas redes sociais
error: Conteúdo protegido!