Mulher é morta com tiro de espingarda na costas e deixa filho de 4 anos | Agência GBC
20.9 C
Canoas
28 de setembro de 2022

Mulher é morta com tiro de espingarda na costas e deixa filho de 4 anos

Testemunhas afirmam que o suspeito pelo feminicídio já tinha desavenças com Eduarda e que eles discutiram no dia anterior.

Na madrugada deste domingo (11), uma jovem identificada como Eduarda de Castro Cardoso, de 20 anos, foi morta a tiros em Alegrete. O fato foi registrado por volta das 3h, na rua Joaquim Paim, bairro Saint Pastous.

Segundo publicação do Correio do Povo, testemunhas teriam dito que o suspeito pelo feminicídio já tinha desavenças com Eduarda, com quem discutiu no dia anterior. A polícia fez buscas na região mas, até o momento, o criminoso continua desaparecido e a espingarda utilizada no crime também está sumida. Quando a guarnição da Brigada Militar (BM) chegou ao local, já encontrou a jovem sem vida.

Dessa forma, a BM ficou no endereço até a Polícia Civil e perícia chegarem, por volta das 7h. O corpo foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML) da Santa Casa de Alegrete. É o décimo homicídio em Alegrete em 2022. Eduarda deixou um filho de quatro anos.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!