14 C
Canoas
14 de julho de 2024

Empresa monta camas de papelão e doa para vítimas da enchente em Canoas

A filial paulistana da AGCO já encaminhou para Canoas o primeiro lote de camas

Funcionários da AGCO desenvolveram um projeto para reaproveitar caixas de papelão usadas em embalagens. Elas são transformadas em camas que serão destinadas para vítimas da enchente em Canoas, onde a empresa tem filial.

O projeto está sendo na unidade da AGCO em Jundiaí, no Interior de São Paulo. Segundo uma publicação da revista Exame, os funcionários José Silveiro e Maike Wunsch idealizaram o móvel para uso temporário.

LEIA MAIS: Saiba novo critério e como receber Auxílio de R$2 mil

A montagem é feita pela empresa que fornece caixas de papelão para peças da AGCO Parts. Feitas com 100% de papelão, os móveis temporários suportam até 130kg.

Cada cama é feita com, em média, 20 caixas grandes de papelão.

Camas de papelão já estão sendo entregues em Canoas

A filial paulistana da AGCO já encaminhou para Canoas o primeiro lote de camas. A previsão é que, nos próximos dias, sejam montadas mais 50 que serão encaminhadas em breve.

“O papelão não é tão resistente quanto a madeira, por isso enviamos o lote inicial e coletaremos feedback dos usuários para aperfeiçoar o produto. Dependendo da resposta positiva, estudaremos maneiras de viabilizar mais unidades”, explica Maike Wunsch, gerente de Ecommerce da AGCO, em entrevista a Exame.

Ponto de doações em Canoas

A unidade da AGCO em Canoas tornou-se ponto de entrega de comida para vítimas da enchente. Cerca de 82.500 refeições para abrigos e moradores nos últimos dois meses.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!