Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

A morte de Rafael Mateus Winques, 11 anos, marcou o noticiário policial nesta semana. Encontrado morto na segunda-feira (25) ao lado de casa, em Planalto, no Norte do RS, ele estava desaparecido há 10 dias. A mãe dele, Alexandra Dougokenski, confessou ter matado o filho. Nesta terça-feira (26), o menino foi sepultado, mas a ficha ainda não caiu para a família, abalada com o episódio.

A avó de Rafael, Isaíldes Batista, 58 anos, quer justiça e que quem matou o neto pague pelo que fez. Ela lamentou o ocorrido e disse que não vai mais reconhecer Alexandra como sua filha. “Eu perdi os dois, uma filha e um neto”, disse em entrevista à Rádio Planalto News.