Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Foi preso, na última quarta-feira (27), em Faxinal do Soturno, o homem, 28 anos, que matou a freira Maria Ana Dal Santo, 79 anos, com um golpe de facão na nuca, no dia 17 de janeiro, em São João do Polêsine. Segundo a polícia, durante interrogatório, ele confessou o crime, diferente do primeiro depoimento prestado para a polícia. A redação do GBC apurou que ele se chama Anderson Refatti.

Segundo a Polícia Civil, a motivação do crime foi um desacerto de uma corrida que custou R$ 1.800, até a cidade de Iporã (PR).  

Policiais locais e de Santa Maria cumpriram o mandado de busca e apreensão na casa do criminoso, onde foram apreendidos o veículo dele e outros objetos. O criminoso utilizou o veículo para ir ao local do crime.

Segundo a polícia, o homem admitiu para os policiais que foi na casa da vítima há 10 dias, e a matou com um golpe de facão. Ainda segundo a polícia, ele trabalhava como táxi executivo e já havia estado na casa da freira algumas vezes nos dias que antecederam ao crime.

Após confessar o crime, o criminoso mostrou para os policiais o local onde se desfez da faca, na estrada que liga Vale Vêneto à localidade de Ribeirão.

Segundo a polícia, foi possível identificar o autor depois de analisar diversas câmeras de segurança. Dessa forma foi possível identificar o veículo do homem e o trajeto percorrido desde que saiu de casa até a residência da vítima.

Ele está preso preventivamente e foi levado ao Presídio Estadual de Agudo.