Exército investiga caso de militar encontrado morto dentro de quartel em Sapucaia do Sul

Jovem de 18 anos foi encontrado com marcas de tiros

O 18° Batalhão de Infantaria Motorizada (18° BIMtz) de Sapucaia do Sul abriu um inquérito para investigar a morte de Bruno Silveira de 18 anos. O militar foi encontrado morto na última segunda-feira (7) dentro do quartel.

Leia mais notícias de SAPUCAIA DO SUL

Em nota, o batalhão informou que Bruno estava no seu posto de guarda, dentro da guarita, e foi socorrido por militares de serviço que escutaram o disparo. O corpo foi recolhido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP).

Além disso, o 18° BIMtz ressaltou que está dando todo o apoio necessário para a família.

“Sempre me deu orgulho”, diz mãe de militar

Jussara Orestes da Silveira, mãe do militar, não acredita que o filho possa ter tirado a própria vida, pois, segundo ela, estava feliz. “Meu filho sempre foi companheiro, amigo, educado, responsável e a cidade de Esteio quase toda sabe como meu filho era. Saía para o quartel sempre preocupado comigo. Tchau minha velhinha, te amo muito, Deus te abençoe”, relata ela lembrando as palavras de Bruno.

Em uma das mensagens trocadas por eles no aplicativo WhatsApp, revelada por ela com exclusividade para a Agência GBC, ele diz: “Sempre vou fazer de tudo pra proteger a senhora e o mais país”.

Leia a nota do 18° BIMtz na íntegra:

O Comando Militar do Sul lamenta informar que no dia de hoje, 07 de junho de 2021, por volta das 08:40 horas, o Soldado BRUNO DA SILVEIRA FERMIANO DA SILVA, do 18º Batalhão de Infantaria Motorizado (18º BI Mtz), de Sapucaia do Sul/ RS, faleceu, fruto de disparo de arma de fogo.

O militar encontrava-se no seu posto de guarda, dentro de uma guarita e, logo após os demais militares de serviço escutarem o disparo, foram ao local, e de imediato acionaram o pessoal do serviço de saúde, constatando o falecimento.

Nesse momento o Comando do 18º BI Mtz iniciou as ações visando dar todo o apoio psicológico, espiritual e administrativo aos familiares do militar falecido, bem como já iniciado o Inquérito Policial Militar pelo Batalhão, com o objetivo de apurar o ocorrido.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!